Skip to main content

O Rei dos Corvos

Há séculos atrás, muito antes de Prietka erguer suas muralhas, as terras ao leste da cidade eram vastas e inexploradas. Nesses tempos antigos, quando as trevas reinavam e as sombras eram densas, havia uma tribo de adoradores dos corvos conhecida como os "Ravenari". Eles viviam em harmonia com as criaturas da noite, especialmente os corvos, que eram seus companheiros e guias espirituais.

Corvanius Sombra-Alada nasceu como herdeiro do clã Ravenari, com olhos negros profundos e uma afinidade natural com as sombras. Desde jovem, ele demonstrou uma conexão excepcional com os corvos, que pareciam servi-lo e obedecer a seus comandos sem hesitação. Foi durante essa juventude que Corvanius teve seu primeiro encontro com as sombras que habitavam as profundezas do Pantano dos Lamentos, um lugar sinistro e misterioso além das florestas.

Ao explorar as ruínas da antiga vila que outrora fora protegida pela tribo dos Ravenari, Corvanius descobriu um antigo artefato conhecido como o "Tomo das Sombras Profundas". Este livro encadernado em pele de corvo continha segredos arcanos sobre as sombras e o reino das trevas. Com cada página que ele virava, Corvanius sentia seu poder crescer, sua compreensão das sombras se aprofundar e sua afinidade com os corvos se tornar ainda mais profunda.

Com o passar do tempo, Corvanius se tornou o líder incontestável dos Ravenari, e sua tribo prosperou sob seu comando. No entanto, à medida que seu poder aumentava, sua relação com as sombras se tornava cada vez mais complexa. Ele aprendeu a convocar as sombras para esconder sua tribo daqueles que os ameaçavam e usou sua influência sobre os corvos para vigiar os arredores do Pantano dos Lamentos.

Corvanius Sombra-Alada também se tornou um negociador hábil com outros clãs e tribos da região, expandindo a influência dos Ravenari. No entanto, ele nunca esqueceu as sombras que o haviam revelado os segredos do Tomo das Sombras Profundas. A escuridão se tornou uma parte de sua alma, e ele se tornou um guardião das trevas, jurando proteger os segredos e mistérios que havia descoberto.

Com o tempo, as terras a leste de Prietka se tornaram mais habitáveis, e a cidade cresceu em direção a elas. Os habitantes da cidade começaram a se deparar com os corvos e ouvir histórias sobre o misterioso líder dos Ravenari. Corvanius Sombra-Alada, o Rei dos Corvos, passou a ser conhecido como uma lenda sombria, uma figura que reinava sobre as sombras e os corvos, protegendo os segredos das profundezas do Pantano dos Lamentos

Rei dos Corvos