Skip to main content

Lâminas do Esquecimento

Nos primórdios, as "Lâminas do Esquecimento" foram criadas por um consórcio de nobres que buscavam uma ferramenta para executar operações clandestinas sem manchar suas próprias mãos ou reputações. Estes nobres recrutaram e treinaram indivíduos habilidosos em artes obscuras e assassinato, formando uma unidade de elite para intervir em disputas políticas, sabotar inimigos e influenciar o equilíbrio de poder.

Com o tempo, o grupo percebeu seu poder e influência crescentes, além da dependência que os nobres tinham de seus serviços. Sentindo-se limitados e subjugados pelos caprichos e intrigas da nobreza, os membros das Lâminas começaram a questionar sua lealdade e propósito.

Quando as Lâminas do Esquecimento decidiram se tornar independentes, elas utilizaram uma combinação de inteligência, chantagem e ameaças veladas, em vez de força bruta. Eles reuniram informações comprometedoras sobre os nobres que os controlavam, revelando segredos que poderiam destruir reputações e desestabilizar alianças. Com essas informações em mãos, as Lâminas confrontaram os nobres, deixando claro que qualquer tentativa de manter o controle sobre o grupo resultaria na divulgação desses segredos. Temendo o escândalo e a ruína, os nobres foram forçados a conceder a independência ao grupo, permitindo que as Lâminas do Esquecimento se estabelecessem como uma organização autônoma e temida.

A expansão das Lâminas para outras cidades foi feita de maneira extremamente discreta e estratégica. Eles priorizaram o anonimato e a eficácia silenciosa, evitando atenção indesejada. Essa discrição foi possível graças ao uso de intermediários e contatos confiáveis, mantendo a identidade dos membros e das operações do grupo em segredo. Ao invés de se tornarem famosos, eles optaram por uma reputação de "fantasmas" — conhecidos apenas por aqueles que realmente necessitavam de seus serviços e capazes de operar sem deixar rastros.

O recrutamento para as "Lâminas do Esquecimento" seria um processo altamente seletivo e discreto:

Identificação de Talentos: Potenciais recrutas, frequentemente indivíduos com habilidades notáveis em furtividade, combate ou espionagem, são identificados através de uma rede de informantes.

Testes Iniciais: Estes indivíduos são submetidos a testes iniciais, que podem incluir tarefas ou desafios para avaliar suas habilidades, lealdade e capacidade de manter segredos.

Treinamento Rigoroso: Uma vez selecionados, os recrutas passam por um período de treinamento intensivo, onde são ensinados as técnicas, códigos e ética das Lâminas.

Missão Final de Iniciação: Após o treinamento, há uma missão de iniciação que serve como teste final. Se bem-sucedidos, são aceitos formalmente nas Lâminas do Esquecimento.

Juramento de Sigilo: Os novos membros fazem um juramento de sigilo e lealdade, comprometendo-se a viver pelas sombras e pelo código do grupo.

Durante a fase de recrutamento, os candidatos seriam enviados em jornadas para diferentes cidades e ambientes. Essas peregrinações seriam projetadas para testar e desenvolver a adaptabilidade dos recrutas, ensinando-os a operar em uma variedade de cenários - desde labirintos urbanos até paisagens rurais isoladas. Cada destino apresentaria desafios únicos, como a necessidade de coletar informações específicas, realizar uma tarefa sem ser detectado, ou até mesmo estabelecer contatos locais. Essa experiência garantiria que os membros das Lâminas do Esquecimento fossem não apenas habilidosos, mas também versáteis e capazes de se adaptar a qualquer situação.

O grupo evita grandes cidades como Prietka devido a presença forte de autoridades ou alianças politicas existentes.

Os membros das "Lâminas do Esquecimento" em diferentes cidades podem se identificar por meio de:

Sinais Codificados: Uso de sinais visuais discretos em locais específicos, como marcas ou símbolos em muros ou becos, que somente membros reconhecem.

Amuletos ou Insígnias: Portar um pequeno amuleto ou insígnia que represente a organização, visível apenas mediante inspeção minuciosa.

Gestos ou Palavras-chave: Uso de gestos sutis ou palavras-chave em conversas que indiquem a afiliação com o grupo.

Tatuagens Secretas: Tatuagens em locais discretos que possam ser reveladas somente em circunstâncias específicas para outros membros.