Skip to main content

Whispers in the Void

Role-Playing Game ou comumente conhecido como RPG é um jogo de imaginação e interpretação, para poder entrar nesse mundo você precisa apenas de um dado de vinte lados, um papel, um lápis e sua imaginação.

O mundo dentro dessa documentação é muito maior que o seu autor, as consequências dos atos dos jogadores impactam mais do que eu escrevi nessas páginas, seu mundo pode ter cor e mil outros mundos, tudo é possível desde que você acredite naquilo.

Você pode se aventurar pelo mundo de Whispers in the Void sozinho, dando vida e voz para os personagens que compõem o seu mundo ou com um grupo, fica a seu critério.

A luz guia um caminho sombrio, uma passagem em meio à densa névoa que cobre os campos arroxeados e cinzentos do cemitério. Lápides e árvores secas acompanham um sentimento vazio, que há muito tempo foi esquecido em sua denominação. O caminho leva a um mausoléu abandonado pelos proprietários.

Se eles ainda estão vivos, é compreensível o esquecimento, pois ninguém se aventura pelos portões deste mau agouro. Não há motivos para isso além da banalidade das memórias que entregamos a um pedaço de rocha com um nome esculpido, exceto por um caminho contado em lendas e histórias de tavernas. Um caminho sombrio, onde a tocha mais clara, com a chama mais quente e esperançosa, não ilumina nem três palmos. Um caminho abaixo da terra, onde pás não são necessárias, apenas a mente de um tolo, cuja coragem ou ganância vão muito além dos simples gotejamentos de humildade. Um tolo corajoso busca algo: reconhecimento, glória, respeito; um tolo ganancioso busca riquezas, luxo, conforto. O caminho dos corrompidos, aqueles que não pisam mais nessas terras em busca de riquezas, mas apenas de morte e putrefação, é o caminho dos mortos. Um antigo trajeto que guia para as masmorras de um antigo maníaco, um pedaço de purgatório dentro do nosso mundo. Reza a lenda que o maníaco em questão há muito vive, cultivando a podridão e semeando o caos, erguendo um exército para encerrar de vez a vida.

O mundo de Whispers in the Void é cercado por intrigas, horrores e caos, se aventurar pelas florestas esquecidas, o pantano dos lamentos ou até mesmo pelas ruas de Prietka pode ser uma tarefa difícil. Dentro desse universo, você pode acabar trombando com um psicopata nos becos das Escadas Baixas, acabar sequestrado por um Culto que acredita que a você é o que impede a reencarnação do antigo mestre dos mesmos, se perder nas floresta e acabar sendo dilacerado por um Pesadelo Verde, se ver amarrado em uma intriga política ou simplesmente tendo que resolver algum problema do mundo onírico. A dinâmica do mundo se baseia no caos e como que cada um tem um papel insignificante ali. Seja você um viajante dos sonhos que está buscando uma Deusa que se escondeu de uma guerra celestial ou um batedor de carteiras que acabou roubando um artefato importante de um Originale. Nesse mundo você pode tudo, só depende de você abraçar o vazio ou fugir dele.

Autor: Ade. F. Jr

Mapa da Cidade